Deputado defende que cooperativas de crédito operem com prefeituras

30 de agosto de 2017 | Por: Thamires Santos

Banco Central fará parecer técnico favorável à atuação das cooperativas para PL100/2011

O deputado federal Domingos Sávio, presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo, se reuniu ontem, em Brasília, com o presidente do Banco Central, o economista Ilan Goldfajn, e outros diretores para discutir sobre o PL 100/2011, de sua autoria, e assegurar que as cooperativas de crédito possam também operar com prefeituras e com empresas públicas municipais, recebendo e depositando eventuais sobras de caixa desses municípios, operando na recepção de impostos, no pagamento de servidores, dentre outros serviços.

O parlamentar enfatizou que as cooperativas de crédito — presentes no Brasil inteiro e, muitas vezes, única instituição financeira em determinados municípios — hoje são restringidas de operar com os municípios, o que, em sua visão, é extremamente injusto. Domingos Sávio argumenta que as cooperativas são, em muitas cidades, a principal fomentadora e estimuladora da economia local, empregando ali e aplicando no município os recursos que movimentam dos seus associados.

De acordo com o deputado, foi debatido na reunião, a necessidade de um aval do Banco Central para que o projeto avance, além de mecanismos prudenciais de gestão dos recursos, o e que as cooperativas, ao operarem com as Prefeituras, mantenham o mesmo rigor de seriedade na gestão desse recurso. “Saí da reunião com uma excelente notícia: o Banco Central dará um aval e endossará o nosso projeto, pois compreende que o cooperativismo de crédito hoje é uma realidade extremamente benéfica para todo o País. O Banco Central assumiu comigo, com o Deputado Osmar Serraglio, com o Deputado Valdir Colatto e com outros colegas parlamentares, o compromisso de enviar, formalmente, o seu parecer favorável, superando finalmente o único obstáculo, que parecia uma dúvida. Nunca disseram que eram contra, mas havia alguma resistência. Agora poderemos aprovar o PL 100 do cooperativismo de crédito, que, com certeza, irá incentivar ainda mais as cooperativas de crédito”, revelou.

De acordo com o autor do projeto, o incentivo não será só para aquelas cooperativas ligadas ao setor rural, e sim, das mais diversas modalidades: no empreendedorismo, no comércio, no serviço, no funcionalismo público, na área médica. As cooperativas de crédito têm um papel importante e o projeto expõe, de maneira conclusiva, a sua seriedade, a sua importância, permitindo que as Prefeituras e os órgãos públicos municipais operem também com essas cooperativas. Domingos Sávio pediu ao Presidente do Senado Federal, Senador Eunício Oliveira, que, tão logo chegue o projeto na Casa, haja celeridade para que o projeto seja sancionado o mais breve.

Assine Nossa Newsletter

Acompanhe o Instagram