Domingos Sávio destinará recursos para construção do canil da Floramar

18 de setembro de 2017 | Por: Júlia Medeiros

Parlamentar reforça necessidade de conclusão das obras de ampliação para segurança da população

O deputado federal Domingos Sávio esteve reunido com o secretário adjunto da Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap), Marcelo José Gonçalves da Costa e com a diretora-geral do presídio Floramar – de Divinópolis, Elizabete Pinheiro. O encontro foi na cidade administrativa, em Belo Horizonte, e teve como pauta a continuidade das obras de ampliação da unidade prisional e a construção de um canil.

Na oportunidade, Domingos Sávio ressaltou a importância de finalizar a obra – que está cerca de 75% concluída. “A obra teve início em 2014, mas está paralisada desde o ano passado. Ao lado da diretora Elizabete, pedi prioridade na conclusão da obra, considerada imprescindível tanto para os detentos quanto para os funcionários. A ampliação representa mais segurança para todos, refletindo também na sociedade. Fizemos esse apelo ao estado e coloquei-me à disposição para se necessário, buscar recursos federais”, destacou. O secretário adjunto comprometeu-se com a causa e em breve, as obras que abrirão 306 novas vagas, deverão ser retomadas.

Segunda a diretora-geral do presidio Floramar, hoje a unidade tem capacidade para 277 detentos e com o anexo, o número subirá para 583 vagas. Durante o encontro ainda foi destacado que a unidade recebe detentos de várias cidades da região, reforçando a necessidade de urgência na ampliação – que está em fase final, faltando pinturas e a parte elétrica. “Nosso objetivo é desafogar o sistema prisional e melhorar as condições e estruturas para os detentos e servidores que trabalham com empenho e esforço para desenvolver as tarefas e conseguir respostas as demandas”, revelou Elizabete.

 

Floramar ganhará canil padronizado

O deputado ainda assumiu o compromisso de destinar uma emenda parlamentar do próximo ano para a construção de um canil. Atualmente, o presídio Floramar conta com o trabalho de 7 cães em um espaço improvisado. “Conheci o projeto padrão que servirá de exemplo para demais unidades e fiz o compromisso de indicar uma emenda para a construção do canil que possibilitará aumentar o número de cães e a proteção do presídio”, pontuou.  Os cães desempenham um papel importante no dia a dia da unidade ao reforçar os trabalhos de proteção e segurança desenvolvidos pelos agentes de segurança penitenciários da unidade.

Assine Nossa Newsletter

Acompanhe o Instagram