Audiência discute duplicação da BR-262

5 de fevereiro de 2018 | Por: Otacílio Neto

Evento foi realizado em Bom Despacho e contou com a presença do diretor da ANTT e lideranças de vários municípios

O deputado federal Domingos Sávio participou na tarde de hoje, 5, da reunião que tratou sobre as obras de melhoria e duplicação da BR-262 do trecho que compreende Nova Serrana a Uberaba. O encontro aconteceu na Câmara Municipal de Bom Despacho e contou com a presença do diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, Dr. Jorge Luiz Macedo Bastos, e diretores da Triunfo Concebra – Concessionária das Rodovias Centrais do Brasil – responsável por esta rodovia federal.

Ciente da urgente necessidade de duplicação do trecho, foi articulado o encontro, uma parceria entre o deputado Domingos Sávio, o prefeito de Bom Despacho, Fernando Cabral, com o presidente da Câmara de Bom Despacho, Vital Libério Guimarães, e convocadas as lideranças das mais diversas cidades envolvidas a participarem deste importante debate.

De acordo com o diretor presidente da Concebra, Odenir Sanches, a audiência pública foi uma oportunidade de esclarecer a população sobre as dificuldades que a concessionária tem em implantar o programa. “Nós tivemos problemas na licença ambiental que atrasou um pouco mais de um ano e o BNDES não efetuou o financiamento após a liberação da licença”, afirmou.  Sanches disse que o governo editou a Medida Provisória 800/2017 – que ainda será votada pelo Congresso, autorizando postergar os investimentos e que confia nessa medida para ganhar mais prazo para concluir os serviços. “Se for aprovada, nós teremos nove anos para efetuar todas as obras de duplicação. Com a postergação da obra, fica mais fácil de ir no mercado e arrumar dinheiro de médio e longo prazo. Se não conseguirmos viabilizar o financiamento, só nos resta devolver a concessão de acordo com a lei que foi votada recentemente (13448/2017)”, finalizou.

O deputado federal Domingos Sávio destacou que o cidadão está pagando pedágio, mas não está vendo a obra realizada. “Do trevo de Luz até Nova Serrana, existe um fluxo enorme de veículos. Por isso, nós precisamos da garantia de que, havendo a repactuação, a obra número um será a duplicação da 262 de Nova Serrana até Uberaba com prioridade nesse trecho, além de obras que melhorem a segurança na serra. Se não houver solução, que pare a cobrança de pedágio. Nós queremos um cronograma de obras bem objetivo, pois o cidadão não pode ficar pagando pedágio sem o início da obra”, afirmou o deputado.

Segundo o deputado, duas medidas provisórias foram editadas para solucionar o problema. Uma delas já virou lei, que é a possibilidade de relicitar trechos que voltem para a responsabilidade do governo federal. Já a outra MP está na pauta desta terça-feira (6) da Câmara. A medida estabelece as diretrizes para a reprogramação de investimentos em concessões rodoviárias federais.

ANTT

O diretor da ANTT, Jorge Luiz, disse que o órgão assumirá o compromisso de fazer a duplicação onde é mais necessário. “Vamos atender o pedido do deputado Domingos Sávio e das várias lideranças que estiveram presentes na audiência e o trecho entre Luz e Nova Serrana será o primeiro a ser feito em um prazo estabelecido e com metas a serem cumpridas”, finalizou.

Lideranças unidas

A reunião contou com a contribuição e presença de lideranças das cidades de Abaeté, Araújos, Araxá, Bom Despacho, Campos Altos, Córrego Danta, Divinópolis, Dores do Indaiá, Estrela do Indaiá, Ibiá, Itaúna, Leandro Ferreira, Luz, Martinho Campos, Moema, Nova Serrana, Pará de Minas, Perdigão, Perdizes, Pitangui, Pompéu, Quartel Geral, Sacramento e São Gonçalo do Pará.

Assine Nossa Newsletter

Acompanhe o Instagram