Com casa cheia, PSDB discute seu papel no cenário nacional e municipal

4 de julho de 2017 | Por: Thamires Santos

Partido, em Divinópolis, trabalha em prol da cidade

O Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB Divinópolis realizou uma ampla reunião ontem, 03, na sede própria do partido, com a presença de ex-presidentes, ex-vereadores, vereadores, presidentes de bairros, convidados especiais, lideranças e populares. A reunião contou com a presença do deputado federal Domingos Sávio e foi conduzida pelo presidente do partido, Renato Ferreira. A pauta principal foi o papel do PSDB no cenário nacional e municipal.

O presidente estadual do PSDS em Minas, Domingos Sávio, falou do grave cenário da política nacional e da necessidade de, mais do que nunca, ter responsabilidade com o país. “Se autorizarmos que o presidente já seja processado, ele terá que ser afastado do cargo imediatamente e como ele não tem vice, quem assumirá será o atual presidente da Câmara, Dep. Rodrigo Maia (que também está sendo investigado) assume interinamente e, após até seis meses (início de 2018), se o Temer for condenado, o presidente interino convoca eleição INDIRETA e o Congresso (Câmara e Senado) elegem um presidente e um vice para concluir o mandato até dezembro de 2018 (lembrando que teremos eleição DIRETA em outubro de 2018). Fica fácil imaginar como tudo isto pode deixar o país, literalmente, DESGOVERNADO em um momento tão crítico, em meio a essa grave crise com tanto desemprego e sofrimento”.

A origem desta investigação foi a delação do Sr. Joesley da JBS e o Supremo já autorizou a sequência da investigação que começou a algumas semanas e ainda não foi concluída, pois o próprio Procurador Geral na denúncia, em vários trechos, faz referência a isto, alegando que ainda precisa aprofundar investigações. “Por outro lado, se não autorizarmos o processo de Temer, como deseja o Procurador Rodrigo Janot, isto não significa que estamos o absolvendo ou que ele fica livre da investigação e do processo. Apenas ficará suspensa a ação criminal contra ele até o término do mandato e, a partir de janeiro de 2019, ao terminar seu mandato, ele será processado em razão das acusações que pesam contra ele. O PSDB tem que analisar o que será melhor para o Brasil”, revelou.

Em termos locais, o parlamentar disse que tem trabalhado alinhado com Galileu Machado, mas com independência e sugeriu que o representante do partido, vereador Renato Ferreira, vislumbre apenas o bem comum. “Tivemos êxito em grandes parcerias para o município de Divinópolis. A mais recente foi a liberação de R$22 milhões do PAC Saneamento e PIP Favela, além de emendas pessoas de minha autoria que possibilitarão obras em diversos bairros. Acredito que o momento seja de cooperação em prol de Divinópolis, mas com independência total do nosso legislador para votar o que for bom para a cidade,  cobrar o que precisa ser cobrado e fiscalizar o que é devido”, afirmou Domingos Sávio.

O presidente do partido, Renato Ferreira, falou da produtividade do encontro e da alegria de somar forças e ideias. “Em um momento de descrença da política, estamos de casa cheia, em sede própria e com novas pessoas chegando para compor o grupo e outras que já manifestaram o desejo de vir a somar com novas ideias. Alinhamos nesta reunião que trabalharemos para o povo e em sintonia com o ensejo da população”.

O encontro contou com a presença de convidados como do vereador Edson Sousa (PMDB), ex-vereador Wilson Piriquito, ex-vereador Edimar Máximo.

 

 

Assine Nossa Newsletter