Deputado denuncia preço abusivo de placas veiculares em Minas e cobra solução do Denatran

24 de janeiro de 2018 | Por: Thamires Santos

Domingos solicitou ao diretor geral do Denatran, Maurício José Alves, que solucione o problema

Em reunião no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o deputado federal Domingos Sávio denunciou o preço abusivo em cidades mineiras da venda de placas veiculares. Segundo o parlamentar, enquanto em Belo Horizonte as placas custam R$ 40,00, em cidades do interior do estado o valor chega a mais de R$ 200,00. Domingos solicitou ao diretor geral do Denatran, Maurício José Alves, que solucione o problema.

“Há uma discrepância nos valores é uma tendência de cartelização. Os cidadãos estão sendo explorados. Por isso, necessitamos de uma regulamentação nacional para que tenhamos um preço justo”, afirmou.

Os representantes dos despachantes e documentaristas de Minas Gerais também participaram do encontro. Conforme destacou o deputado, o custo da matéria-prima da placa é de R$ 18,50. “Essa exploração descabida é um roubo. Nós vamos lutar até que tenhamos um preço justo e o cidadão não seja prejudicado”, ressaltou Domingos.

O diretor do Denatran considerou a situação grave e disse que vai enviar ofício ao Departamento de Trânsito de Minas para obter informações. “O nosso objetivo é o avanço tecnológico e a redução de preços. Não admitiremos discrepâncias como essas”, declarou.

Assine Nossa Newsletter

Acompanhe o Instagram