Minas Gerais terá R$ 196,1 milhões adicionais para ampliar ações de saúde

18 de fevereiro de 2019 | Por: Otacílio Neto

Deputado federal Domingos Sávio participou da assinatura de portarias que também irá beneficiar Brumadinho e mais 17 cidades atingidas pelo rompimento da barragem

O deputado federal Domingos Sávio esteve hoje (18) na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, para participar da cerimônia de assinaturas de portarias que vão garantir ao Estado R$196 milhões – recursos adicionais para ampliar o atendimento na atenção hospitalar, vigilância e saúde mental. Assinaram as portarias, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que explicaram que do recurso total, R$ 4 milhões serão repassados para Brumadinho e outros 17 municípios da região.

A maior parte de recursos, R$ 192 milhões, foi incorporado ao Teto MAC do estado. Isso quer dizer que, anualmente, o Governo de Minas Gerais poderá incrementar a assistência na urgência e emergência. Possibilita, por exemplo, a realização de mais cirurgias, consultas, exames, diagnósticos. Outros R$ 2,3 milhões estão destinados para as ações de vigilância, como prevenção e controle de epidemias e combate ao aedes aegypti.

O deputado Domingos Sávio, juntamente com os demais deputados federais da bancada mineira, se empenharam diretamente para trazer o ministro da Saúde a Minas e garantir a liberação destes recursos. “Diante de uma crise tão grave, com uma herança terrível de bilhões de reais deixado pelo governo do  PT, a saúde pública é minha maior preocupação. Por isso, nos empenhamos em sensibilizar o ministro Mandetta a destinar um apoio emergencial para nosso Estado”, afirmou Domingos Sávio.

Brumadinho e demais municípios atingidos pelo rompimento da barragem

Em Brumadinho (MG) foram habilitados dois Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e três Equipes Multiprofissionais de Atenção Especializada em Saúde Mental. São R$ 1,5 milhão de recursos anuais que foram incorporados ao bloco de Custeio das Ações e Serviços Públicos de Saúde (ASPS) do município e do governo. O incremento pode ser usado na atenção comunitária, com ênfase na reabilitação e reinserção social.

Os R$ 4 milhões serão repassados para Brumadinho e mais 17 cidades atingidas pelo rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, para ações de vigilância, como prevenção e controle de epidemias, sendo: Betim, Curvelo, Esmeraldas, Felixlândia, Florestal, Fortuna de Minas, Igarapé, Juatuba, Maravilhas, Mário Campos, Papagaios, Pará de Minas, Paraopeba, Pequi, Pompéu, São Joaquim de Bicas e São José da Varginha.

Emenda

O deputado federal Domingos Sávio destinou uma emenda pessoal de R$ 100 mil para Brumadinho. “A cidade vive uma tragédia e destinei uma emenda que simboliza o nosso compromisso com a cidades neste momento tão difícil”, finalizou.

Assine Nossa Newsletter

Acompanhe o Instagram