Deputado visita reitoria da Uemg e reforça defesa do ensino público

8 de abril de 2019 | Por: Júlia Medeiros

Na última sexta-feira, 05, o deputado federal Domingos Sávio esteve na cidade administrativa, em Belo Horizonte, para participar de uma reunião no gabinete da reitoria da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg). Participaram do encontro, a reitora da Uemg, Lavínia Rosa Rodrigues, o vice-reitor, professor Thiago Torres Costa Pereira, o pró-reitor de Planejamento, Gestão e Finanças, Fernando Sette Júnior e a diretora da unidade acadêmica de Cláudio, Valdilene Machado.

O parlamentar conversou com a equipe de gestão da Uemg e se comprometeu em atuar em defesa da instituição e na busca por melhorias. Na oportunidade, a reitora Lavínia Rosa Rodrigues apresentou a situação da Universidade e falou sobre os desafios diante do cenário de recessão econômica.

Dentre os assuntos abordados, esteve a relevância do papel da instituição no desenvolvimento do estado. “Precisamos garantir um processo de valorização da Uemg – que é um patrimônio dos mineiros. Sou defensor do ensino público de qualidade e lutei muito para conseguir a estadualização“, destacou o deputado durante a reunião.

Na oportunidade, a diretora Valdilene apresentou algumas demandas da unidade de Cláudio ao parlamentar – que garantiu que vai se empenhar para atender.

Luta pela estadualização

Domingos Sávio sempre apoiou e trabalhou pela estadualização das fundações associadas à UEMG. Esse empenho garantiu que todas as entidades que trabalhavam com a UEMG, passassem a oferecer ensino público e, portanto, gratuito. A estadualização das universidades é a conclusão de um trabalho de mais de uma década de atuação do parlamentar frente a esse sonho: unidades públicas e gratuitas em diversas regiões de Minas. O ensino é gratuito desde o dia 3 de setembro de 2014.

Uemg agora é 100% Enem

O Conselho Universitário (Conun) da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) decidiu pela adesão integral ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de ingresso para os cursos de graduação da instituição da modalidade presencial. A decisão ainda será regulamentada, mas já foi aprovada pelos conselheiros na reunião de 13 de fevereiro de 2019.

Isso significa que a Uemg, que nos últimos anos manteve processo seletivo para 50% das vagas e recrutou os outros 50% por meio do SiSU, não irá mais promover o vestibular próprio. As turmas para início no primeiro semestre de 2020 terão como porta de entrada somente o Enem.

Candidatos interessados em concorrer a uma das mais de 6 mil vagas ofertadas nas 20 unidades da Uemg, devem estar atentos ao cronograma divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) responsável pela elaboração e realização do Enem. No total, são oferecidos todos os anos vagas em 115 cursos de graduação em 16 municípios de Minas Gerais, (Belo Horizonte, Abaeté, Barbacena, Campanha, Carangola, Cláudio, Diamantina, Divinópolis, Frutal, Ibirité, Ituiutaba, João Monlevade, Leopoldina, Passos, Poços de Caldas e Ubá).  Acesse aqui para saber sobre o novo processo: https://bit.ly/2G9VXxA 

Com informações da Uemg

Assine Nossa Newsletter