Divinópolis busca alternativas para aeroporto

17 de julho de 2018 | Por: Alessandra Galvão

Ciente da importância do pleno funcionamento do Aeroporto Brigadeiro Cabral no fomento econômico local, a Prefeitura de Divinópolis tem buscado mecanismos que garantam a reativação do serviço aeroportuário o mais rápido possível. Uma das possibilidades em fase de análise de jurídica é a contratação de uma nova empresa para administrar o espaço, uma vez que o contrato com a antiga empresa, a Socicam, foi cancelado de forma unilateral pela prestadora do serviço.

“Todos sabem das dificuldades pelas quais passa o município e, principalmente, das dificuldades causadas pelo antigo contrato, que girava em torno de R$ 168 mil por mês”, ressalta o Prefeito Galileu Machado. “Esse valor é impraticável diante da realidade do município. Por isso estamos buscando parcerias que permitam o funcionamento do aeroporto, preferencialmente com os custos cobertos pelo próprio movimento do aeroporto”, destaca o Prefeito.

Todo o trabalho é coordenado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Turismo. Segundo o Secretário José Alonso Dias, desde a saída da Socicam, o município não tem medido esforços no sentido de buscar uma alternativa para o problema.

Em recente reunião em Brasília, o secretário de Desenvolvimento Econômico representou o prefeito. Participaram da reunião o deputado federal Domingos Sávio, o ministro de Estado dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro Silveira, o assessor da Secretaria de Aviação Civil, Paulo Henrique Passos, o Secretário Nacional de Aviação Civil, Dário Rais Lopes e os representantes da LG Serviços Aeroportuários, Luís Felipe e Rodrigo Damasceno.

“O Aeroporto Brigadeiro Cabral é peça importante no desenvolvimento regional e esse assunto tem recebido a atenção que merece”, valoriza o Secretário. De acordo com o Secretário, existe a possibilidade até mesmo de uma empresa local assumir esse trabalho. “Enquanto desenvolvemos o trabalho que permita a retomada total do aeroporto, técnicos da empresa estão buscando toda a qualificação técnica exigida por órgãos como a ANAC”.

Representantes da empresa devem se encontrar nesta terça-feira (17/07) com o Secretário de Desenvolvimento Econômico para ampliar o projeto a ser adotado em Divinópolis. “Tudo está sendo feito dentro dos princípios da legalidade, mas também se observando a realidade financeira de Divinópolis. O funcionamento do Aeroporto é fundamental, mas sem prejudicar os serviços de grande alcance social para a população”, ressalta José Alonso.

Texto: Prefeitura de Divinópolis

Assine Nossa Newsletter

Acompanhe o Instagram