Domingos Sávio defende derrubada do veto a convênios de entidades filantrópicas

15 de maio de 2018 | Por: Alessandra Galvão

O deputado federal Domingos Sávio defendeu, nesta terça-feira (15), a derrubada do Veto 12/18, que anulou a permissão para que instituições filantrópicas que tratam dependentes químicos prestem serviços ao Sistema Único de Saúde (SUS) a partir de contratos com qualquer órgão do Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (Sisnad). Na avaliação do parlamentar, o veto prejudica as comunidades terapêuticas.

“Esse veto traz um prejuízo enorme para um setor que cumpre uma missão árdua: a recuperação de dependentes químicos. São entidades sérias, ligadas a igrejas e à sociedade civil, que atuam para salvar vidas e para amenizar o problema das drogas”, disse.

Domingos Sávio cobrou políticas públicas de apoio a essas entidades. “As comunidades terapêuticas estão presentes em muitas cidades, mas às vezes elas fecham por absoluta ausência de colaboração do Estado”, ressaltou.

A derrubada do veto, em análise pelo Congresso Nacional, depende do voto de 257 deputados e 41 senadores.

Assine Nossa Newsletter

Acompanhe o Instagram