Domingos Sávio defende produtores de leite durante reunião da FPA

2 de julho de 2019 | Por: Assessoria de Imprensa

Parlamentar mostrou-se preocupado com o risco de ocorrer um aumento das importações de leite em pó, trazendo graves prejuízos para os produtores de leite no Brasil

Durante reunião da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) com a ministra da Agricultura e Pecuária, Tereza Cristina, foi debatido a importância do acordo entre Mercosul e União Europeia.

No encontro, o deputado federal Domingos Sávio mostrou-se preocupado com o risco de ocorrer um aumento das importações de leite em pó, trazendo graves prejuízos para os produtores de leite no Brasil.

“Sabemos que abrir o mercado europeu para os produtos brasileiros é muito positivo para diversos setores da economia, inclusive para o setor agropecuário, em especial, para nossa produção de carnes. Porém, não podemos abandonar os milhões de produtores de leite do Brasil, especialmente porque a produção de leite na Europa é subsidiada em vários países e, quando eles têm excedentes, fazem exportações a preços abaixo do custo de produção”, ponderou.

O parlamentar ainda destacou que é preciso proteger o produtor de leite brasileiro.

O problema é que não vamos concorrer com o produtor rural europeu. A realidade é que vamos concorrer com tesouro europeu. Enquanto lá o produtor é subsidiado, aqui pagamos elevadas taxas e impostos. Como alternativa, defendo à redução imediata dos impostos que incidem na cadeia produtiva do leite, dos insumos até o produto final”, afirmou.

Universalização da internet

Domingos Sávio também participou de um debate com o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, sobre conectividade, agricultura 4.0 e, em especial, a universalização da internet no meio rural.

Destaquei minha preocupação para que o governo esteja atento para regular o setor e não permita abuso no preço final ao consumidor. Quem vive no campo tem uma renda baixa e hoje, a internet não pode ser vista como supérfluo, pois é um serviço essencial para assegurar acesso à educação, segurança e até mesmo para garantir eficiência produtiva. Portanto, é um insumo necessário para várias atividades agrícolas“, afirmou o parlamentar.

Assine Nossa Newsletter

Acompanhe o Instagram