Domingos Sávio é indicado ao Prêmio Congresso em Foco

3 de julho de 2018 | Por: Otacílio Neto

O deputado federal Domingos Sávio foi indicado ao Prêmio Congresso em Foco. A premiação está na 11ª edição e tem como objetivo reconhecer e valorizar os parlamentares mais atuantes. A ideia é reconhecer o trabalho dos deputados federais e senadores que se destacam positivamente no exercício de seus mandatos, valorizando os bons exemplos, visando incentivar os parlamentares federais a legislarem com responsabilidade, integridade e transparência.

O prêmio é uma iniciativa do site Congresso em Foco (www.congressoemfoco.com.br), apoiada por diversos parceiros. A votação será realizada até 31 de julho. Para votar, basta acessar o endereço www.premiocongressoemfoco.com.br. Os vencedores serão anunciados na cerimônia de premiação em 13 de agosto.

Além de escolher o (a) melhor deputado (a), a votação permite escolher os parlamentares que se destacaram nas seguintes categorias: Combate à Corrupção e ao Crime Organizado, Redução das Desigualdades Sociais, Defesa da Agropecuária e Defesa da Advocacia Pública. Também serão premiados os parlamentares mais bem avaliados por um júri especializado e por jornalistas que cobrem as atividades da Câmara e do Senado.

A atuação parlamentar de Domingos Sávio é voltada para o desenvolvimento dos municípios, com destaque para a defesa dos produtores rurais e do setor agropecuário. Nos dois mandatos de deputado federal, Domingos Sávio destinou mais de R$ 13 milhões para o setor. Os recursos viabilizaram fomento ao setor agropecuário, aquisição de equipamentos agrícolas, recuperação de estradas rurais e implantação de sistemas de abastecimento de água.

Sinto-me honrado por ter sido indicado ao prêmio. Conto com a participação de meus eleitores que acompanham meu trabalho pautado na seriedade e voltado à população mineira“, disse o deputado.

Foram excluídos os congressistas denunciados pelo Ministério Público ou que sejam alvo de ações penais e inquéritos em andamento. Pela primeira vez serão levados em conta, além dos procedimentos em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF), investigações remetidas pela mais alta corte do país a instâncias inferiores em razão do novo entendimento sobre o foro privilegiado.

Poderão concorrer somente deputados e senadores que exerceram mandato este ano por ao menos 60 dias e que não respondem a acusações criminais.

Aplicados esses dois critérios, estão participando 401 congressistas. São 42 senadores (pouco mais de 50% dos integrantes do Senado) e 359 deputados (70% dos membros da Câmara).

Assine Nossa Newsletter

Acompanhe o Instagram