Furnas: ONS apresenta proposta para reencher reservatório

24 de setembro de 2020 | Por: Assessoria de Imprensa

Deputado Domingos Sávio integra o grupo de trabalho sobre as condições de operação da UHE Furnas, promovida pela ANA

Membro da Frente Parlamentar Mista em Defesa de Furnas, o deputado federal Domingos Sávio participou nesta quinta-feira, 24 de setembro, da 4ª reunião sobre as condições de operação da Usina Hidroelétrica de Energia (UHE) Furnas e UHE Mascarenhas de Moraes (Peixoto) que encontram-se com níveis baixos. Realizada pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Ambiental (ANA) por videoconferência, o encontro virtual contou também com a participação de representantes do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS); Ministério de Minas e Energia e do Turismo; Alago; Movimento Pró-Furnas 762; comitês de bacias, entre outros.

O deputado Domingos Sávio luta por essa causa há muitos anos e desde o ano passado, há uma grande mobilização para que o reservatório mantenha a cota mínima 762 – nível considerado suficiente para o uso múltiplo da água, atendendo a maioria dos municípios banhados pelo lago com a manutenção de atividades econômicas voltadas ao turismo, piscicultura e agropecuária. 

O órgão regulador apresentou a primeira proposta para a regra de transição que visa reencher o reservatório de Furnas, sendo:

  • adoção da vazão defluente máxima média mensal de 600 m³/s, em novembro de 2020 e;
  • manutenção da vazão defluente máxima média mensal de 500 m³/s entre os meses de dezembro de 2020 e abril de 2021;

Conforme o Operador Nacional do Sistema, a proposta de revisão do procedimento operativo visa atenuar o deplecionamento e melhorar o armazenamento do reservatório da UHE Furnas, atendendo a uma reivindicação popular e parlamentar.

Durante a reunião, o deputado federal Domingos Sávio defendeu mais uma vez o uso múltiplo da água de Furnas e a necessidade de um planejamento para reencher o lago. “Estamos no caminho certo. Desde o ano passado alertamos sobre a necessidade da regra de transição para reencher o lago, para, a partir daí, ter o uso racional do reservatório. Não adianta só correr atrás do prejuízo e discutir o problema quando está bem abaixo da cota 762. Para o período da seca, nós precisamos monitorar, pois não adianta chegar maio, por exemplo, e liberar a vazão, pois assim entramos em período crítico em junho, causando prejuízos para o turismo, agricultura, economia, meio ambiente e piscicultura“, afirmou.

O parlamentar também defendeu um plano de investimos para recuperar as nascentes, com o envolvimento da estrutura pública e da sociedade.

Domingos Sávio lembrou as reivindicações já apresentadas em defesa do lago de Furnas

Histórico de ação

Criada em julho de 2019, a Frente Parlamentar Mista em Defesa de Furnas tem como objetivo construir o diálogo entre parlamentares e as autoridades do governo em prol do interesse público.

Em fevereiro deste ano, o deputado federal Domingos Sávio reuniu com o presidente de Furnas Centrais Elétricas, Luiz Carlos Ciocchi, para levar ao Operador Nacional do Sistema as reivindicações populares.

Em junho, percebendo a perda diária de recursos hídricos, o deputado federal Domingos Sávio encaminhou ofício ao ONS, Furnas Centrais Elétricas e à ANA solicitando rigoroso controle na operação do reservatório nos dias atuais.

A reunião realizada nesta quarta é uma resposta aos pedidos realizados nos últimos meses.  

Saiba mais

De acordo com o dado mais atual do ONS, de terça-feira (22), Furnas operava no nível 759,53 com volume útil de 41% – tendo a vazão (m³/s) afluente de 394 e defluente de 506.

O Grupo de Trabalho sobre as condições de operação da UHE Furnas é promovido pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Ambiental (ANA) e envolvendo diversas entidades técnicas, órgãos do Poder Executivo e do Poder Legislativo, dentre os quais a Câmara dos Deputados e o Senado Federal, com a apresentação das propostas consolidadas no âmbito do setor elétrico.

Assine Nossa Newsletter