Programa de Aquisição de Alimentos recebe incentivo do Governo Federal em MG

29 de setembro de 2020 | Por: Assessoria de Imprensa

Domingos Sávio participa do anúncio de R$ 6,2 milhões para incentivo à agricultura familiar

O deputado federal Domingos Sávio, participou a convite do Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, do lançamento do Programa de Aquisição de Alimentos-PAA na cidade administrativa em Belo horizonte (MG). O programa tem como objetivo a promoção do acesso à alimentação e o incentivo à agricultura familiar.

No último dia 23, a Portaria 96, liberou mais R$ 72,9 milhões para a execução do programa nos 26 estados e no Distrito Federal, determinando que esses estados atendam preferencialmente munícipios em vulnerabilidade social e alimentar, auxiliando os pequenos agricultores no enfrentamento da pandemia da Covid-19.

De acordo com o parlamentar, o PAA é um programa que reúne aspectos extremamente importantes do ponto de vista social e econômico, apoiando a agricultura familiar e o pequeno produtor. Para ele, o agricultor familiar tem um papel importantíssimo na economia brasileira e responde por uma grande parcela da produção de alimento do país e sem apoio o pequeno produtor não consegue competir com as grandes agroindústrias.

 “O agricultor familiar, responde por uma grande parcela da produção de alimentos do país, não só para sustentar sua família, mas vendendo o excedente em feiras”.

Domingos Sávio acredita que, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos, além de ajudar o pequeno produtor, o governo fará com que esses alimentos cheguem a creches, asilos, escolas públicas e famílias em situação de vulnerabilidade. “O pequeno produtor é beneficiado, ganhando honestamente o seu sustento, e fazendo com que esse alimento chegue à outra ponta que precisa de uma alimentação saudável”, disse.

Histórico do programa em Minas Gerais

Na solenidade que contou com a presença do governador Romeu Zema, o Governo Federal anunciou novos investimentos nesse programa, em Minas. Foram autorizados cerca de R$ 6,2 milhões para compra de alimentos produzidos por pequenos agricultores do estado. Com isso, a expectativa é que, 600 mil consumidores sejam alcançados e aproximadamente 6 mil agricultores sejam beneficiados.

Os valores se somam aos R$ 15,4 milhões liberados por meio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que compra de associações e cooperativas. Há, ainda, R$ 10,5 milhões liberados em junho, R$ 10,4 milhões destinados à modalidade baseada na compra do estoque de leite. No ano passado, foram disponibilizados outros R$ 4 milhões.

É fundamental que o PAA continue. Como deputado federal, sempre o defendi e apoiei, fiz questão de está hoje na solenidade de lançamento desse programa tão importante”.

 Com informações do Jornal Estado de Minas

Assine Nossa Newsletter