Sicoob Credimonte inaugura agência na comunidade Vera Cruz, em Belo Horizonte

5 de junho de 2019 | Por: Assessoria de Imprensa

O Sicoob Credimonte inaugurou na última sexta-feira, dia 31, a primeira agência em uma comunidade mineira. O projeto de expansão da cooperativa para o bairro Alto Vera Cruz é pioneiro na capital mineira, já reconhecido como um dos projetos mais relevantes do Brasil, tendo em vista que as instituições financeiras não possuem infraestrutura de atendimento em favelas.

A agencia fica na rua Desembargador Saraiva, nº 766 e os funcionários contratados para o Ponto de Atendimento são moradores da região. A ideia da cooperativa é oferecer aos futuros associados opções de microcrédito, o que irá alavancar o comércio da região e, consequentemente, gerar mais emprego e renda, além de produtos como os cartões Sicoobcard, seguros, consórcios, previdência, entre outros.

O deputado federal Domingos Sávio, vice-presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo – Frencoop, parabenizou a iniciativa pioneira do Sicoob Credimonte e destacou o atendimento acolhedor e personalizado da cooperativa. “Sem dúvida a comunidade terá um atendimento digno. A agência é moderna e preparada para receber todos os moradores, com uma equipe da própria comunidade, valorizando as pessoas e gerando emprego na região. A instalação da unidade também abrirá as portas para a entrada de novas empresas. Estou muito feliz com a atitude do presidente do Sicoob Credimento, Antenógenes Júnior e de toda sua equipe”, afirmou.

Lei 161/2018

No início de 2018 entrou em vigor a Lei Complementar 161/2018 que autoriza as cooperativas de crédito a captarem recursos de municípios. A matéria tem origem no Projeto de Lei Complementar (PLP)100/11, do deputado Domingos Sávio.

Pela proposta, cooperativas de crédito poderão captar recursos de municípios, de seus órgãos ou entidades e das empresas por eles controladas. A intenção é suprir a falta de agências bancárias em muitos municípios pequenos, o que tem provocado dificuldades de administração dos recursos municipais com deslocamentos para cidades vizinhas.

Ao apresentar o projeto, o deputado Domingos Sávio considerou “inconcebível” a impossibilidade de as prefeituras depositarem seus recursos nas instituições financeiras que de fato estão localizadas em seus municípios e que neles promovem o desenvolvimento e o fortalecimento da economia por meio da oferta de crédito e da geração de emprego e renda.

Assine Nossa Newsletter

Acompanhe o Instagram